andré barata

“O jogo da filosofia é sempre um jogo insensato. Supor, porém, que não fosse absolutamente sério seria um ultraje. Se não fosse subversivo, irritante e insuportável, Sócrates teria sido simplesmente ridículo”.

O futuro nas mãos

De regresso à política do bem comum

ISBN: 978-989-671-269-3

Editora: Tinta da China

Comprar

Sinopse

Desde o 25 de Abril que não se registava um aumento da dívida do Estado português tão elevado como nos anos da austeridade. Se o objetivo desta política era desendividar Portugal e restabelecer a sua soberania, falhou redondamente.
É tempo de mudar o jogo, de devolver o futuro ao país.
Este é um livro de encorajamento. As saídas dependem das nossas escolhas políticas. É preciso restaurar a convicção de que o futuro coletivo está nas nossas mãos.

- Estado Social: De todos para todos »